17 de abril de 2021

Acreditação e a melhoria contínua no setor da saúde | Jornal A Tarde

A importância do processo de Acreditação e a cultura da melhoria contínua foi o tema do artigo de Simara Espírito Santo, coordenadora da qualidade da S.O.S. Vida, publicado pelo Jornal A Tarde (06/03).

Confira o artigo completo.


A importância da acreditação para o setor de saúde

As empresas do setor de saúde no Brasil enfrentam um cenário complexo diante de todos os desafios impostos pelo mercado, desde a forte necessidade de controle de custos, ao constante investimento em desenvolvimento de pessoas e adoção de novas tecnologias, sem perder de vista o propósito das instituições de saúde: garantir um atendimento de qualidade e seguro para seus pacientes.

Nesse sentido, o processo de acreditação mostra-se um importante aliado no desenvolvimento de uma cultura de melhoria contínua.  Acreditação é o reconhecimento formal concedido por instituições independentes que avaliam os padrões de qualidade dos hospitais, clínicas, home care e outras empresas da área a partir de critérios estabelecidos. 

A acreditação torna os padrões mais robustos, agregando valor à cadeia de prestação de serviço e fortalecendo a relação de confiança e transparência. Para ser acreditada, a instituição precisa aprimorar seus processos, gerenciando os riscos e seguindo um padrão rígido de qualidade. Isso cria uma nova cultura necessária para manter as melhores práticas, com uma busca contínua por melhoria e maior segurança.

Apesar disso, a busca por avaliação dos serviços de saúde ainda é incipiente no Brasil. Dos 6.820 hospitais em funcionamento no Brasil, apenas 5% possuem essa certificação, de acordo com a Confederação Nacional da Saúde (CNSaúde). No Home Care, apesar da grande evolução do setor nos últimos 10 anos, ainda temos uma parcela inexpressiva de empresas acreditadas.

O esforço de padronização de protocolos e procedimentos no Home Care é maior, já que diferente dos hospitais, temos mais dispersão física dos profissionais, estrutura e logística para atender os pacientes em seus domicílios. Mas não significa que seja uma missão impossível. A S.O.S. Vida obteve a acreditação em 2012 pela Joint Commission International (JCI), considerada uma das mais rigorosas certificadoras da área da saúde em todo o mundo, o que trouxe ganhos expressivos.

Existe, inclusive, a recomendação por parte da Associação Nacional dos Hospitais Privados (ANAHP), que entende que o investimento das empresas e envolvimento de toda equipe para obter e manter este reconhecimento impacta positivamente nos indicadores de desempenho da assistência. Sendo assim, seria correto afirmar que, quem mais se beneficia de uma cultura de qualidade e melhoria contínua é o paciente.

Portanto, mesmo não sendo obrigatório, acredito que implementar sistemas de qualidade e estabelecer a acreditação como meta estratégica traz ganhos expressivos e contribui para evolução organizacional, com impactos positivos nos processos, nas pessoas e, por consequência, na qualidade do serviço prestado para a sociedade.

Deixe um comentário

Assine a nossa Newsletter e receba conteúdos sobre Saúde e Home Care