fbpx Síndrome Pós-Covid-19: Reabilitação de recuperados do Coronavírus | S.O.S Vida - Inovando em Saúde
Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
22 MAR 2021

Nos últimos meses cenas de pessoas deixando leitos hospitalares aplaudidas pela equipe médica, após se recuperarem da Covid-19, se repetiu por muitas vezes.

Entretanto, o processo de recuperação dessa doença não termina ao deixar o hospital, isso porque a infecção pelo novo coronavírus pode deixar sequelas motoras, respiratórias e neurológicas em alguns pacientes que enfrentaram a forma mais grave da doença.

Nesses casos, é necessário que o paciente passe por um acompanhamento profissional para tratar das sequelas pós-Covid-19 que forem identificadas. O termo “sequela” é utilizado para designar alguma condição que surge como consequência de uma enfermidade, e pode ser temporária ou permanente. Nos casos da infecção pelo coronavírus, dispneia, fadiga, dificuldade na fala e locomoção são algumas das queixas mais comuns entre recuperados. Esse fenômeno é conhecido como “Síndrome Pós-Covid-19”.

O processo de recuperação irá variar de paciente para paciente e do nível da gravidade do quadro pós-infecção, mas deve compreender as diferentes dimensões da saúde do indivíduo.

Reabilitação Pós-Covid-19

Reabilitação no Home Care

A condução do tratamento para reabilitação pode ser realizada em hospitais, clínicas especializadas e pelo serviço de home care, contudo o ambiente domiciliar agrega alguns benefícios, como mais segurança e conforto, visão defendida pelo médico pneumologista Almério Machado Júnior em entrevista ao informativo da S.O.S. Vida.

Assim, pacientes que tenham indicação e autorização para serem tratados no Home Care podem receber o tratamento dentro do seio familiar, mantendo um contato direto e constante com a família, um privilégio que em alguns casos é impedido pela necessidade da internação hospitalar para o tratamento primário da doença.

Pela Covid-19 ser uma doença que afeta diretamente o sistema respiratório, uma das sequelas mais comuns notadas em pacientes recuperados é a fadiga, que repercute na fraqueza muscular e na alteração da marcha.

Nesses casos, a fisioterapia pode ser adotada como tratamento para reabilitação, conforme explica a fisioterapeuta Andréa Couto, supervisora da S.O.S. Vida.

“Nos casos mais severos, é comum ouvir queixas de fadiga, dispneia e redução de força muscular global, o que dificulta ações como andar e sentar. Nesses casos, eles precisam de fisioterapia para recuperar movimentos ou melhorar a capacidade pulmonar”, explica.

Os pacientes assistidos pela S.O.S. Vida que saíram do hospital após recuperação da Covid-19, são admitidos no programa de reabilitação elaborado pela empresa. Nele, os pacientes são avaliados no momento da admissão para classificar a sua capacidade funcional e força muscular nos quadros leves, moderado ou grave. A partir dessa avaliação é construído um planejamento terapêutico individualizado, considerando outras dimensões da vida e da saúde do paciente.

Reabilitação pós-Covid-19 com fisioterapia

Atendimento multidisciplinar

Embora o coronavírus tenha como alvo principal o pulmão, em alguns casos o vírus pode afetar também outros órgãos, como coração, rins e intestinos. Assim, o ideal é que o tratamento adote uma abordagem multidisciplinar, para que cada aspecto da saúde do paciente seja observado e tratado de acordo com as suas especificidades.

“O novo coronavírus provoca lesões que comprometem todos os sistemas, por isso é essencial uma abordagem multidisciplinar para garantir uma assistência completa, tratando os diversos aspectos que afetam o paciente”, explica a fisioterapeuta Andréa Couto.

Além de fisioterapeutas, médicos de diferentes especialidades, enfermeiros, fonoaudiólogos e psicólogos poderão atuar na elaboração do tratamento de cada paciente.

A importância da nutrição

O acompanhamento nutricional da pessoa em recuperação também é parte do programa de reabilitação da S.O.S. Vida e é desenvolvido por um profissional da área, que também compõe a equipe multidisciplinar.

A nutrição adequada, além de ser essencial para o reestabelecimento de nutrientes e fortalecimento corporal, desempenha outras funções, como na recuperação da integridade da pele.

Nos casos onde o paciente precisou ficar acamado por um longo período para o tratamento da doença, é comum que ocorram lesões na pele por conta da pressão intensa e/ou prolongada de uma determinada região que, sem o tratamento adequado, podem se agravar e gerar complicações como infecções, podendo atingir órgãos, ossos, sangue e até levar à morte.

Alimentação na reabilitação pós-Covid-19

A alimentação adequada para esse tipo de caso é orientada pelo Protocolo de Nutrição para tratamento de feridas criado pela S.O.S. Vida. O documento recomenda uma dieta baseada em proteína, vitamina C e minerais, como zinco e ferro ajudam a construir colágeno para recuperar o tecido cutâneo.

Isso pode ser realizado através de alimentos naturais ou com o auxílio de suplementos, a depender de cada caso. A alimentação é um importante recurso para regenerar áreas já afetadas por lesões, mas também para fortalecer o organismo e prevenir feridas.

A Síndrome Pós-Covid-19 pode acometer o paciente que se recuperou da infecção em diferentes níveis de gravidade, por essa razão, a abordagem multiprofissional é essencial para garantir um processo de reabilitação integral e individualizado.

Fisioterapia Motora e Respiratória

Segundo dados a Secretária Estadual de Saúde na Bahia, 20% das 300 mil pessoas que estão se recuperando da Covid-19, apresentam sequelas e complicações após a alta hospitalar.

O médico Franklin Santana Santos, 53 anos, foi diagnosticado com Covid-19 em outubro e precisou se hospitalizar para tratar os sintomas causados pelo vírus.  Mesmo curado da doença, o médico realiza atualmente um trabalho específico de fisioterapia em casa para lidar com as sequelas da doença.

“Perdi 5kg durante os 13 dias, basicamente de massa muscular.  Eu preciso de músculo para andar, para respirar […]. É preciso reaprender a respirar e reorganizar meu sistema de musculatura para fazer minhas atividades do dia a dia”, explica.

Os sistemas motores e respiratórios estão entre os mais afetados pela Covid-19.  A fisioterapia, motora e respiratória, são fundamentais no acompanhamento e recuperação pós-Covid-19.

Andrea Couto, coordenadora de fisioterapia da S.O.S. Vida (BA), conversou com a reportagem do programa Bahia no Ar (TV Record) e deu dicas para uma melhor recuperação.

“É possível começar com pequenas caminhas do quarto e evoluir pelo domicílio, indo na sala e voltando, fazendo 2 vezes ao dia ou no limite de cada paciente”, explica a fisioterapeuta.

Homenagem no retorno para casa

Após 22 dias internado com Covid-19, Uziel Andalicio de Rezende Junior, 38 anos, recebeu alta no dia 16/03 e foi recebido com muita alegria pela sua família, amigos e vizinhos.  Cada alta é uma vitória a ser celebrada.

Uziel seguirá com o tratamento de reabilitação para lidar com as sequelas da doença em seu domicílio, com a assistência da S.O.S. Vida.

A chegada de Uziel foi registrada e exibida no Programa Bahia Meio Dia (TV Bahia).   Confira a matéria.

Síndrome Pós-Covid-19: Reabilitação de recuperados do Coronavírus 1
Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 820
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA