fbpx Pandemia, Estresse e Saúde Mental | S.O.S Vida - Inovando em Saúde
Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
14 DEZ 2020

Estresse gerado pela pandemia pode prejudicar o desempenho de profissionais de saúde.

A recomendação de ficar em casa, difundida pelas autoridades de saúde no início da pandemia causada pelo novo coronavírus, não pôde ser aplicada aos profissionais de saúde, que precisaram (e ainda precisam) estar na linha de frente, cuidando dos doentes e mantendo a própria sanidade mental.

A psicóloga da S.O.S. Vida Cláudia Cruz destaca que a pandemia estabeleceu mudanças muito rápidas na sociedade e os profissionais de saúde tiveram que lidar com o temor não só de se contaminar, mas também de passar a doença para outras pessoas da família. “É um medo real e que faz parte do dia a dia deles”, destaca a especialista, acrescentando que a sobrecarga também é grande.

Psicóloga Cláudia Cruz

“Muitos precisam cobrir o plantão do colega que adoece, aumentando o estresse, o que pode gerar sintomas de esgotamento físico e mental, distúrbio do sono”.

A especialista, que atende esse público em consultório, ressalta que alguns buscam refúgio no álcool, o que agrava a situação de estresse.

Segundo Cláudia Cruz, as queixas mais recorrentes estão relacionadas à fadiga e à ansiedade. Muitas vezes é preciso buscar ajuda profissional e, em alguns casos, fazer uso de medicação para dar suporte nesse momento desafiador.

“O psicólogo tem condições de avaliar se o indivíduo precisa ou não tomar medicação. Se houver essa necessidade, ele é encaminhado para um psiquiatra”.

Cláudia Cruz destaca ainda que os sintomas de ansiedade e depressão podem gerar perda na qualidade do sono, episódios de hiperfagia (aumento anormal do apetite), falta de motivação para atividades anteriormente prazerosas, dificuldade de concentração e perda de interesse pelo contato social, agravando ainda mais o quadro.

Os profissionais de saúde precisam ainda enfrentar o luto pela perda de colegas e também de pacientes que eles atendem.

“É um público com demandas e necessidades bem específicas e que precisa estar bem psicologicamente para desempenhar o seu trabalho”.

Para enfrentar essa situação, a psicóloga recomenda uma rotina saudável ao sair do trabalho, com a realização de atividades lúdicas, como exercício físico, passear, ver filmes e até mesmo pintura, para quem tem habilidade. Ficar sempre em contato com parentes e amigos também ajuda nesse momento em que o sentimento de pertencimento a um grupo social é fundamental.

Leia também: Coronavírus – Os impactos do distanciamento e do isolamento social na saúde mental das pessoas

CRIANDO UM AMBIENTE DE APOIO

Durante a pandemia a S.O.S vida desenvolveu um plano de contingência e criou um comitê de crise, que permitiu tomar decisões rápidas e efetivas na prevenção e cuidado com os colaboradores.

Para diminuir o impacto da pandemia sobre a saúde mental de seus colaboradores, a empresa adotou uma série de medidas protetivas.

Segundo a Gerente de Gestão de Pessoas Sônia Cotrim foi feito um trabalho de sensibilização dos líderes para que eles promovessem um ambiente de confiança e acolhimento. A intenção foi garantir que os colaboradores se sentissem mais seguros psicologicamente.

Sônia Cotrim no jornal A Tarde

Foi adotado um sistema de home office e uma escala alternada para toda a empresa, com uma atenção para os grupos de risco. Houve ainda um estímulo às medidas de segurança, como o uso do álcool em gel, afastamento e utilização das máscaras.

“O colaborador precisa se sentir seguro no ambiente de trabalho e isso também se reflete em sua saúde mental”, diz a gerente, acrescentando que a S.O.S. Vida deu suporte psicológico gratuito aos profissionais e familiares.

Foram realizadas também lives na internet, com a participação de especialistas da empresa, que debateram temas como sintomas e prevenção da COVID-19, imunidade, alimentação saudável e sobre como lidar com as emoções em tempos de pandemia.

“Ou seja, foram palestras que tiveram interação do público interno, tudo com o objetivo de levar informação de qualidade para aumentar a segurança e tranquilizar os colaboradores”, finaliza Sônia Cotrim.

SEMANA DO CUIDADO

Em julho, a S.O.S. Vida promoveu a SEMANA DO CUIDADO NA ATENÇÃO DOMICILIAR com palestras ao vivo no canal do YouTube, tratando da importância de manter os cuidados e prevenção diante da pandemia de Covid-19.

Confira as palestras de Cláudia Cruz e Sônia Cotrim.

CUIDE DE SUA SAÚDE MENTAL

COMO ESTAMOS LIDANDO COM AS EMOÇÕES?

Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 818
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA