Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
21 FEV 2018

Quatro pacientes da S.O.S. Vida tiveram neste domingo, 18,uma manhã diferente, com direito a banho de mar, uso de óculos de sol e protetor solar. Eles participaram do projeto “Para Praia”, em Ondina, iniciativa que propicia a pessoas com dificuldade de locomoção o contato com o mar. A S.O.S. Vida mobilizou uma equipe multidisciplinar (formada por médicos, enfermeiros, técnicos e fisioterapeutas) para garantir a seus pacientes essa experiência.

Participaram Valnei Pereira dos Santos, Marcelo Rosas Andraus, Dulcinéia Trindade e Caio Moreno Mello. A primeira a entrar na água foi Dulcinéia Trindade, 80 anos, acompanhada de profissionais da S.O.S. Vida, voluntários do projeto e familiares. Estava acompanhada da filha, Adnéia Trindade, e de outros parentes. A paciente é portadora de AVCH e tem várias comorbidades, como Miastenia Gravis, glaucoma e é traquestomizada. Locomove-se em cadeira de rodas, é lúcida, orientada e possui uma válvula fonatória para comunicar-se.

O paciente Caio Moreno Mello, 23 anos, estava acompanhado da mãe, Tereza Mello, e outros familiares. Ela conta que ele adora ir à praia e demonstra isso desde o momento em que acorda. “Fica muito feliz e ansioso para chegar logo no mar”, conta a mãe, que o leva há muitos anos à praia. Caio tem uma doença rara, chamada Síndrome de Van DerKnaap, que, entre outros aspectos, compromete a coordenação motora.

Outro paciente que aproveitou o banho de mar foi Marcelo Rosas, portador de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Ele estava acompanhado da mãe, esposa e irmãos. Uma das mais emocionadas era a esposa Wu SinVul, que chegou a chorar quando o mar tocou os pés de Marcelo. Ela disse que estava muito feliz, pois desde que o marido contraiu a doença, há 17 anos, ele não ia à praia. A mãe, Marialva Rosas, 86 anos, também estava muito feliz pelo filho. Ela conta que ele faz fisioterapia duas vezes ao dia e que não tem oportunidade de sair de casa, pois é dependente de equipamentos essenciais para a vida.

O paciente Valnei Pereira dos Santos também foi um estreante na praia desde que contraiu a ELA, há quase cinco anos. De acordo com a irmã, Vânia Pereira, Valnei gostava muito de praia e também de futebol. É torcedor fanático do Vitória e ela espera que um dia ele possa ser levado ao Barradão pela S.O.S. Vida para assistir a uma partida de seu time do coração.

Essa foi a quarta vez (a segunda este ano) que a S.O.S. Vida mobiliza sua equipe de assistência para proporcionar esse tipo de experiência. Na visão da médica Jamile Silva Brito essa ação é extremamente positiva para os pacientes, que estão lúcidos e orientados, podendo desfrutar de um banho de mar. “As famílias também se emocionam”, lembrou ela, acrescentando que essa iniciativa deveria acontecer mais vezes.

A ação faz parte da política da S.O.S. Vida de cuidar de forma integral, proporcionando que seus pacientes participem, na medida do possível, de atividades do dia a dia.

Na visão de Carla Gabriela, assistente social da S.O.S. Vida, para pacientes que têm pouco contato com o ambiente externo, esta é uma forma de evitar o isolamento social. “E o contato com a praia traz um novo vigor e mais qualidade de vida”.

A enfermeira da S.O.S. Vida Verena Ribeiro também elogia a iniciativa. Para ela, os pacientes muitas vezes têm uma rotina estressante, com medicamentos e fisioterapia. “A ida à praia é revigorante, renova as energias e traz alegria”, diz ela.

O projeto “Para Praia” é uma iniciativa da prefeitura em parceira com várias empresas durante o verão. A estrutura montada inclui pistas especiais para o acesso dos cadeirantes, tendas de preparação e cadeiras anfíbias, que facilitam o trajeto na areia e flutuam no mar. Vários voluntários participam, a maioria estudantes e profissionais da área de saúde.

 

LEIA TAMBÉM: PROJETO PARA PRAIA – CADA ANO UMA NOVA HISTÓRIA E UMA NOVA EMOÇÃO

Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

Empresa afiliada:

Associação Nacional de Hospitais Privados Anahp

Empresa afiliada:

Nead

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 818
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA