Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
17 MAR 2017

Quanto mais precoce for a inserção do cuidado paliativo, menor o sofrimento dos pacientes submetidos a esse tipo de tratamento. Quem afirma é a médica Maria Goretti Sales Maciel, diretora do Serviço de Cuidados Paliativos do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo. Segundo a especialista, o cuidado paliativo não remete, necessariamente, a uma proximidade com a morte. “É um conjunto de ações que devem ser iniciadas logo que se tenha o diagnóstico de uma doença que ameace a vida, como o câncer, por exemplo”.

 

Maria Goretti será uma das palestrantes da III JONAD (Jornada Nacional de Atenção Domiciliar), que será realizada no dia 26 de maio, a partir das 8h30, no Hotel Sheraton, em Salvador, uma promoção da S.O.S. Vida. Ela vai abordar o tema: “Terminalidade – A arte de integrar cuidados para sustentabilidade da qualidade de vida e de morte”.

 

De acordo com a médica, integrar cuidados significa um “caminhar junto” ao paciente, que deve ser olhado como um todo. “Isso inclui ações que possam dar conta do sofrimento físico, emocional e espiritual”, destaca a especialista, reafirmando que esse tratamento não é uma sentença de morte.

 

Ela afirma que tem pacientes no Hospital do Servidor Público há 8 anos, com qualidade de vida e sem sofrimento. “Não sobreviveria tanto tempo se não fossem os cuidados paliativos”.

 

A especialista diz ainda que essa prática começa aos poucos a ser mais difundida no Brasil, sendo tema de congressos e seminários da área médica.

 

Para finalizar, Maria Goretti destaca que o convívio familiar é muito importante nesses casos e que o cuidado paliativo não pode ser uma decisão de última hora, mas uma ação planejada, no curso da doença. “As pessoas não precisam passar por sofrimentos desnecessários”, conclui.

Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

Empresa afiliada:

Associação Nacional de Hospitais Privados Anahp

Empresa afiliada:

Nead

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 818
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA