fbpx Idosos: Envelhecimento do sistema imunológico e cuidados específicos | S.O.S Vida - Inovando em Saúde
Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
21 JAN 2021

A força do sistema imunológico muda conforme o avanço da idade, mas hábitos ruins podem acelerar o processo de enfraquecimento desse importante sistema.

Embora não seja possível estimar a idade do sistema imunológico, sabe-se que o seu pico é atingido durante a fase da puberdade e, após esse período ele entra em declínio, sendo que, a partir dos 60 anos, a condição desse sistema encontra-se em um nível que pode predispor o indivíduo a doenças, desde as infecciosas até o câncer.

É o que explica o médico infectologista da S.O.S. Vida, Dr. Matheus Todt, em entrevista a Rádio Sociedade.

Ainda que este seja um processo natural, o especialista explica que quanto mais hábitos de vidas não saudáveis nós tivermos, mais o sistema imunológico poderá decair rapidamente.

“Todo hábito de vida que predispõe a um envelhecimento do corpo – do sistema cardiovascular, sistema respiratório, sistema endócrino –, termina agilizando essa desregulação e essa fragilidade do sistema imunológico.

Então, o tabagismo é conhecido como um dos fatores que levam um envelhecimento do sistema imunológico […] a ausência de atividades físicas, principalmente atividade física aeróbica regular” explica.

Ouça a entrevista completa.

Adote bons hábitos

Os hábitos alimentares também exercem influência no sistema imunológico. Uma alimentação desbalanceada, pobre em fibras, com alto consumo de carboidratos e gorduras, pode desregular o sistema imunológico, tornando-o cronologicamente mais velho.

“Além desses hábitos serem ruins do ponto de vista cardiovascular e do ponto de vista metabólico – podendo levar a diabete – eles também terminam fragilizando mais ainda o sistema imunológico, o que leva a pessoa a ter mais predisposições para doenças, desde infecciosas até mesmo o câncer […] A alimentação é fundamental, porque senão a gente deixa o sistema imunológico mais desregulado e, consequentemente, cronologicamente mais velho” complementa.

Infectologista Matheus Todt

O médico explica ainda que, mesmo que a pessoa não tenha praticado hábitos saudáveis ao longo dos anos, mudar o estilo de vida, mesmo em um estágio mais avançado, pode trazer benefícios e atenuar possíveis danos causados por um estilo de vida desregulado. Contudo, o ideal é que se mantenha a regularidade da prática de hábitos saudáveis desde cedo.

“Nunca é tarde para começarmos a adotar bons hábitos. […] A partir do momento em que adotamos [bons] hábitos, podemos começar a adicionar fatores protetores. Não que vá reverter todo o mal que foi feito por hábitos ruins a vida toda, mas eu começo a atenuar isso” finaliza.

Leia também: Segurança do paciente é reforçada durante a pandemia
Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 820
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA