Conheça a S.O.S Vida
Apresentação / Vídeo Institucional Nossa Equipe Núcleo Científico Conceito Linhas de Pesquisa Orientação para Pesquisadores Produções Prata da Casa Artigos / Estudos Certificação de Qualidade
Home Care
O que é Home Care Fluxograma do Home Care Vantagens do Home Care Legislação Acreditação Perguntas Frequentes
Saiba Mais
Artigos Dicas Informativos Notícias
Contato
Ouvidoria Trabalhe Conosco Contato
25 AGO 2020

Como estamos lidando com as emoções? Essa é a reflexão que Sônia Cotrim, psicóloga e gerente de gestão de pessoas da S.O.S. Vida, nos estimula a fazer no artigo publicado no Jornal A Tarde (BA).

Confira o artigo completo.


Após meses de pandemia, continuamos a ter vários impactos em nossas vidas como o rompimento social, mudança na forma de se relacionar, ausência ou excesso de informações, desemprego, dificuldades financeiras e, por que não dizer, solidão.

Somos por natureza seres sociáveis e de repente tivemos que “ficar em casa” e se sentir ameaçado de se aproximar das pessoas. Para muitos, estes impactos provocam medo, angústia, irritabilidade e insegurança.

A mudança foi brusca, não nos dando tempo para nos prepararmos, o que tornou a adaptação mais difícil. Algumas estratégias que tínhamos de aliviar o estresse foram tiradas repentinamente.  Quem não sente falta de ir ao shopping, praia, festas ou ver os amigos?

A pandemia exige mudanças na maneira de pensar, rever crenças e ampliar a percepção da realidade, aceitando-a e adaptando-se. E, diante de tantos desafios, muitos não estão sabendo lidar com as emoções que afloram. Com isso, o número de adoecimento e sofrimento psíquico aumentou. As pessoas que já tinham problemas de depressão e ansiedade intensificaram os sintomas e outros que não tinham começaram a desenvolver.

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) realizou um estudo, apontando que os casos de depressão quase dobraram e os de ansiedade e estresse tiveram um aumento de 80%. A pesquisa, realizada por meio de um questionário online entre março e abril, teve a participação de 1460 pessoas de 23 estados e também apontou que as mulheres estão mais propensas do que os homens a sofrer com ansiedade e estresse nesse período.

Algumas pessoas potencializam o medo de ficar doente ou internado. Elas também temem pela saúde da família. Um caminho para lidar com a situação é acolher os nossos sentimentos e ficarmos atentos aos sinais do corpo e da mente para depois gerenciá-los, como aumento da insônia, inquietação, aumento ou perda do apetite, sentimento de fracasso, pensamento acelerado ou obsessivo, aumento dos batimentos cardíacos, sinais de hipocondria ou paranoia.

Diante de tudo isso, o que podemos fazer para que a situação não piore? Temos ferramentas para cuidar de nós internamente. Ter autocuidado e autocompaixão com os nossos sentimentos é fundamental para a sanidade mental. Não ficar remoendo o que deixou ou gostaria de fazer ou não exigir demais a perfeição, pois com a mudança da rotina tudo fica mais difícil.

Precisamos também desenvolver um olhar para o outro, nos colocando no lugar dele, não minimizando sua angústia, ter compaixão, perdoar e evitar ressentimentos, exercitar a “escutatória” sem julgamento.

Essa dor é nossa, aceitá-la é o começo para buscarmos a estabilidade psíquica e emocional. Todos os dias temos que fazer escolhas, escolha ser feliz.

Artigo da psicóloga Sônia Cotrim publicado no jornal A Tarde

Semana do Cuidado na Atenção Domiciliar

“Como estamos lidando com as emoções?” também foi o tema da live realizada por Sônia Cotrim durante a Semana do Cuidado na Atenção Domiciliar.

Confira o vídeo completo da palestra.

Empresa Acreditada:

Joint Commission International (JCI)

Empresa afiliada:

Associação Nacional de Hospitais Privados Anahp

NEWSLETTER
ONDE ESTAMOS
SALVADOR - BA
Av. Dom João VI, 152, Brotas, CEP: 40.285.001
Salvador - Bahia - Brasil
71 3277 8004
ARACAJU - SE
Rua Itabaiana, 952, São José, CEP: 49.015.110
Aracaju - Sergipe - Brasil
79 3712 7904
BRASÍLIA - DF
SHN Quadra 02, nº 87, Bloco F, Sala 818
Ed. Executive Office Tower – Asa Norte, CEP: 70.702.000
Brasília - Distrito Federal - Brasil
61 3771 5490
© Todos os Direitos Reservados - S.O.S VIDA